Os riscos do tártaro para a sua saúde dental

Os riscos do tártaro | Drª Vanessa SIlveira

O tártaro é uma placa calcificada que, com o passar do tempo, não afeta apenas a estética do sorriso, como pode causar complicações severas para a saúde dos dentes. Quando em estado avançado, só um dentista pode retirá-lo para não causar problemas mais graves. Por isso, dando a devida atenção e cuidado, pode-se evitar esse depósito bacteriano. No texto de hoje você vai conferir alguns dos problemas causados pelo tártaro e modo de prevenir e conter o avanço desse problema.

A gengivite

A placa bacteriana causada pelo tártaro, em estado avançado, é capaz de alcançar a gengiva e causar gengivite. Além da sensibilidade, pode ocorrer também sangramento espontâneo com a escovação, uso de fio dental. Se ainda o tártaro não tiver calcificado, uma higiene bem preparada e frequente pode resolver o problema. Mas, se a limpeza caseira não adiantar, uma raspagem supragengival pode ser necessária e ser realizada pelo dentista.

Doença periodontal

A gengivite é um quadro que pode evoluir para a periodontite, caso a inflamação da gengiva não for tratada. Com este problema de saúde, o tecido fica menos resistente, ocorre a perda de inserção da gengiva e do osso alveolar, podendo prejudicar a mobilidade dos dentes, causando supuração. Neste caso só um dentista pode solucionar o problema. Este problema, se não tratado de forma rigorosa pelo paciente, pode causar a perda dos dentes.

Halitose

Além dos problemas de calcificação de placa e outros danos à saúde dental mencionados aqui pelo tártaro, o mau hálito também é outro agravante que pode surgir. O acúmulo de placa ocasionado por uma higiene insuficiente pode resultar em halitose. Quando o mau cheiro aparecer, procure o seu dentista para investigar sinais do problema.

A higiene bucal é a maior prevenção do tártaro

Praticar uma boa limpeza diária dos dentes com escovação adequada, uso de fio dental e soluções químicas que auxiliem na higienização bucal, evita o surgimento da massificação bacteriana. Além disso, uma visita regular ao dentista para a realização de checagem e, quando necessário, a raspagem e o polimento dental, é essencial.

Não deixe o tártaro tomar conta do seu sorriso! Agora que você está ciente dos problemas causados pela calcificação da placa bacteriana, faça uma escovação diária pelo menos 3 vezes ao dia e não se esqueça de visitar regularmente o dentista. Prevenção é tudo! E a saúde dental em dia é o canal para um sorriso saudável.

  • 3 de fevereiro de 2020

Deixe uma resposta 0 comentários

Deixe uma resposta:







WhatsApp