Higiene bucal avançada: saiba os benefícios da prevenção caseira

Higiene Bucal Drª Vanessa Silveira blog

Manter uma higiene bucal não só contribui para que você tenha autoconfiança, como também pode evitar problemas dentais, sabia? As principais doenças bucais, como cárie, gengivite e mau hálito, resultam de uma rotina de higiene oral inadequada e, sem dúvidas, a prevenção é a forma mais simples e acessível que você pode escolher para garantir a saúde da sua boca.  

As recomendações de higiene bucal devem ser feitas por um profissional especializado, que dará todas as orientações necessárias e individuais para a saúde bucal do paciente. Descubra a seguir mais detalhes sobre saúde bucal!

Garanta uma boa saúde bucal e fique longe de doenças

É uma boa higiene bucal que vai fazer com que os seus dentes, e gengiva, fiquem saudáveis, longe de doenças como gengivite ou periodontite. Essas doenças aumentam a incidência de problemas cardiovasculares, cerebrais, diabetes, e até mesmo relacionam-se ao nascimento de bebês prematuros ou com baixo peso. 

Como falamos anteriormente, é muito importante que as recomendações relacionadas à saúde bucal sejam feita individualmente através de uma consulta. Porém, alguns hábitos, como escovar os dentes, trocar a escova dental com freqüência e utilizar o fio dental, são básicos e necessários. 

Como escovar os dentes?

Para garantir uma boa saúde bucal, escove os seus dentes sem pressa e lembre-se que uma escovação bem feita dura, em média, dois minutos. Inicie o movimento de varredura no sentido das gengivas para os dentes de forma suave e repetindo por pelo menos dez vezes, fazendo o mesmo na parte interna. Depois, escove as superfícies mastigatórias com movimentos de vai e vem, tanto para os dentes superiores quanto para os dentes inferiores. Para terminar, escove a língua. 

Quando trocar a escova dental? 

Você deve trocar sua escova quando ela começar a ficar desgastada ou a cada três meses. Esse hábito é muito importante, pois a chance de proliferação de fungos e bactérias são maiores em escovas mais gastas. 

Uso do fio dental 

O fio dental é a etapa que promove a perfeita limpeza dos dentes em locais onde a escova dental não alcança. Para usar o fio dental, corte aproximadamente 30 cm de fio, enrole nos dedos médios e, com a ajuda dos polegares, deslize levemente entre os dentes. Veja no Facebook da Drª Vanessa Silveira uma demonstração clicando aqui.

Alimentação e Saúde Bucal 

Os hábitos alimentares também têm forte influência na saúde bucal e, alimentos com fibra, por exemplo, ajudam a evitar a formação das placas bacterianas, responsáveis pelas cáries e gengivite. Em contrapartida, o consumo de alimentos ricos em açúcar contribui para o surgimento das doenças infecciosas, podendo causar danos aos tecidos ao redor da gengiva e dentes, além das temidas cáries. 

Se você faz uso de bebidas alcoólicas ou fuma regulamente, deve estar ainda mais atento ao número de visitas ao seu dentista, já que esses hábitos prejudicam a saúde dos dentes e aumentam drasticamente as chances de câncer bucal. 

Prevenção é o seu melhor hábito 

Por fim, embora a prevenção seja o seu melhor hábito, lembre-se que ela não dispensa as consultas com o seu dentista, já que só ele pode avaliar de forma correta se os cuidados diários estão sendo feitos adequadamente. 

Use e abuse das visitas ao seu dentista para tirar todas as suas dúvidas e assegurar que você está fazendo o melhor para a saúde dos seus dentes!

  • 7 de outubro de 2019

Deixe uma resposta 0 comentários

Deixe uma resposta:







WhatsApp