Bichectomia

Bichectomia uma cirurgia simples, que ainda gera muitas dúvidas, mas não se preocupem, vamos esclarecer todas elas, explicando procedimentos e tudo mais.

O que é a Bichectomia?

É uma cirurgia plástica em que há a retirada total ou mesmo parcial de duas bolsas de gorduras presentes uma em cada lado da boca, ficando entre o maxilar e a mandíbula, mais conhecida como “bolas de Bichart”.

Como é o procedimento?

A cirurgia é intraoral, ou seja, o corte é feito dentro da boca, pois as mucosas bucais têm uma melhor cicatrização e não deixam marcas aparentes, o paciente recebe anestesia geral, anestesia local ou sedação. O profissional procura as marcas anatômicas no interior da boca do paciente que indicam a localização das bolas de Bichat, e é feita uma incisão, as bolsas de gordura são removidas parcialmente, raramente ou seja a operação não retira-as totalmente. O procedimento tem duração de mais ou menos 2 horas.

O que é a Bichectomia?

É uma cirurgia plástica em que há a retirada total ou mesmo parcial de duas bolsas de gorduras presentes uma em cada lado da boca, ficando entre o maxilar e a mandíbula, mais conhecida como “bolas de Bichart”.

Como é o procedimento?

A cirurgia é intraoral, ou seja, o corte é feito dentro da boca, pois as mucosas bucais têm uma melhor cicatrização e não deixam marcas aparentes, o paciente recebe anestesia geral, anestesia local ou sedação. O profissional procura as marcas anatômicas no interior da boca do paciente que indicam a localização das bolas de Bichat, e é feita uma incisão, as bolsas de gordura são removidas parcialmente, ou seja a operação não retira-as totalmente. O procedimento tem duração de mais ou menos 2 horas.

Saiba mais sobre Bichectomia

Quais os materiais utilizados?

São usados os seguintes materiais para a cirurgia: compressa cirúrgica, jaleco branco, afastador minessota, pinça curva, pote dappen metálico, cuba metálica, tesoura para fio de sutura, jogos clínicos, cabo de bisturi nº3, mangueira de látex (cirúrgica), carpule, pinça allis 15 cm, pinça hemostática, sugador cirúrgico, kits de campo cirúrgico descartáveis estéreis, porta agulha, pinça dietrich e seringas descartáveis – 5ml.

Quais os exames necessários para o procedimento?

São necessários alguns exames antes de realizar a Bichectomia, entre eles estão o hemograma completo, a fim de detectar possíveis infecções ou alterações no organismo do paciente; também o coagulograma, que pode avaliar anormalidades no tempo de coagulação do sangue; e o eletrocardiograma, que analisa a atividade elétrica do coração durante o seu funcionamento. Dependendo da indicação, pode ser solicitado um risco cirúrgico, que é uma avaliação das condições de saúde do paciente.

Qual é a idade mínima para se fazer o procedimento?

A maior parte das cirurgias plásticas estéticas no rosto poderá ser feita assim que houver o crescimento completo da face, assim sendo, a cirurgia pode ser feita na adolescência, desde que haja consentimento por escrito e assinado por um responsável, mas essa cirurgia é feita em pacientes entre 20-40 anos.

Como é o pós-operatório?

A redução das bochechas não é um procedimento dolorido, o maior desconforto do pós-operatório é causado pelo inchaço que ocorre após a cirurgia, esse edema, costuma ser semelhante ao que ocorre após a cirurgia de retirada dos dentes (siso principalmente) e começa a diminuir após 48 horas.

Como é a recuperação?

A bichectomia é um procedimento simples. A recuperação também não possui grandes complicações. Assim que o paciente sai da sala de cirurgia o cirurgião dá para ele um potinho de sorvete e quando sai do consultório, é recomendado fazer compressas de gelo nos 2 primeiros dias para evitar que o rosto fique muito inchado, embora o inchaço seja normal, juntamente com o aparecimento de hematomas e dor. Muitas pessoas ficam em dúvidas do que realmente pode e não pode ser feito logo após o procedimento cirúrgico. Confira aqui algumas atividades que são contra-indicadas: atividades físicas, como por exemplo, academia, crossfit e etc; ingerir alimentos quentes nas primeiras 48 horas; levantar peso nos primeiros dias e falar excessivamente nas primeiras 48 horas.

No primeiro e segundo dia, a alimentação do paciente deve ser majoritariamente líquida, sendo permitida a incorporação de papinhas não muito quentes e alimentos que não demandam de muita força na hora da mastigação. Também é importante o uso de faixas de compressão faciais, que devem ser utilizadas por 3 dias, a fim de diminuir o edema e evitar hematomas. É recomendável que seja feito repouso nos 2 primeiros dias e o paciente não faça esforços nos 7 primeiros dias. Além disso, o paciente vai utilizar os medicamentos prescritos pelo profissional que fez a operação que normalmente são, anti-inflamatórios e analgésicos para a dor. Vale lembrar que é necessário muito cuidado no momento de escovação dos dentes para que a higiene bucal seja mantida, evitando assim infecções.

Tem alguma situação, doença que impeça fazer esse procedimento?

A bichectomia é um procedimento simples. A recuperação também não possui grandes complicações. Assim que o paciente sai da sala de cirurgia o cirurgião dá para ele um potinho de sorvete e quando sai do consultório, é recomendado fazer compressas de gelo nos 2 primeiros dias para evitar que o rosto fique muito inchado, embora o inchaço seja normal, juntamente com o aparecimento de hematomas e dor. Muitas pessoas ficam em dúvidas do que realmente pode e não pode ser feito logo após o procedimento cirúrgico. Confira aqui algumas atividades que são contra-indicadas:

  • atividades físicas, como por exemplo, academia, crossfit e etc;
  • ingerir alimentos quentes nas primeiras 48 horas;
  • levantar peso nos primeiros dias e falar excessivamente nas primeiras 48 horas.

No primeiro e segundo dia, a alimentação do paciente deve ser majoritariamente líquida, sendo permitida a incorporação de papinhas não muito quentes e alimentos que não demandam de muita força na hora da mastigação. Também é importante o uso de faixas de compressão faciais, que devem ser utilizadas por 3 dias, a fim de diminuir o edema e evitar hematomas. É recomendável que seja feito repouso nos 2 primeiros dias e o paciente não faça esforços nos 7 primeiros dias. Além disso, o paciente vai utilizar os medicamentos prescritos pelo profissional que fez a operação que normalmente são, anti-inflamatórios e analgésicos para a dor. Vale lembrar que é necessário muito cuidado no momento de escovação dos dentes para que a higiene bucal seja mantida, evitando assim infecções.

Tem revisão incluída, depois de quanto tempo?

Passada uma semana, o paciente pode introduzir outros alimentos à dieta como de costume, mas sempre seguindo as recomendações indicadas pelo profissional. E quando a pessoa necessita retornar ao consultório para a revisão? Caso os pontos de sutura colocados pelo profissional não sejam reabsorvíveis, é feita a retirada dos mesmos do interior da boca, assim como se examina se a recuperação segue o curso natural. Ou seja, que não haja infecções e que as incisões estão seguindo a cicatrização de maneira correta.

Qual a vantagem desse procedimento?

É importante destacar que a bichectomia não cria maçãs do rosto para quem se submetem à cirurgia. O que ocorre é que o procedimento pode realçar essa região. Dando menor volume na região das bochechas, pode-se dizer que esse é o principal motivo que leva pacientes a realizarem o procedimento. Algumas pessoas se sentem desconfortáveis com o volume de suas bochechas, que deixam a face mais arredondada. O volume às vezes aparenta ainda maior quando a pessoas sorrir, prejudicando a sua estética. A cirurgia retira parte ou a totalidade da Bola de Bichat, deixando-a bem suave e harmoniosa.

"Há mais de dez anos com os melhores tratamentos para você" Venha conferir

Agendamento

Bichectomia

A odontologia estética inova a cada dia os seus processos, atendendo às expectativas de pacientes que buscam um sorriso saudável e, ao mesmo tempo, que esteja de acordo com as demandas estéticas atuais.

Rua Sacramento, 209, Centro - Pará de Minas/MG

WhatsApp